Adaptação da vida a dois e os desafios do pós-casamento

O casamento traz uma série de coisas boas na vida do casal, mas como não existe o tal “mar de rosas” é preciso saber lidar com esse turbilhão de emoções que influencia muito a vida do casal. Diálogo e respeito devem fazer parte do cotidiano dessas novas famílias.

A vida a dois é cheia de mudanças, novidades e desafios para o novo casal e saber ouvir e respeitar o outro é a base de um relacionamento saudável

Foto: Shutterstock

Adaptação da vida a dois

Depois de tanta festa e comemoração chega o momento de começar a vida a dois. Esse momento é único e muito importante para o casal, é o começo de uma nova família, da organização da casa nova, a volta para a rotina (casa, trabalho, estudos, compromissos) e tudo isso faz parte dessa mudança.

Foto: Shutterstock

Entretanto, existem casais que têm muita dificuldade de adaptação na vida a dois e, desse modo, quando a mudança não é reconhecida pelo casal, por fim, pode gerar conflitos. Em contrapartida, há casais que passam por esse momento sem tumultos.

Mudanças na vida a dois

Sim, a vida dos, agora, recém-casados mudou. Sair da casa dos pais é uma mudança e tanto. Para muitos casais essa é a primeira experiência fora da casa dos pais e isso assusta um pouco.

Contudo, para alguns casais, essa mudança é radical, pois não mudaram apenas de casa, mudaram de cidade, estado e até de país.

Foto: Shutterstock

Adriana Severine, psicóloga da clínica que leva seu nome, explica que para lidar com essa transformação repentina, a primeira coisa que o casal deve fazer é observar o estilo de vida de cada um sem criticar, ‘acusar’, rir ou brigar. “Simplesmente observar e ver o que incomoda, o que desagrada, o que agrada e principalmente porque vem à tona esses sentimentos. E anotar. Lembrem-se que estão morando juntos pela primeira vez e que vieram de formas de educação diferentes e que nenhuma é melhor ou pior que a outra. Depois de fazerem essa observação aí sim conversarem sobre o que acham que não é legal, o que incomoda e, juntos, encontrarem o modo de vocês”, esclarece Adriana.

Leia mais: Bolo fake para casamento | Custo-benefício para decorar a mesa de doces

Emoção à flor da pele

Foto: Shutterstock

O início da vida a dois é cheio de emoções, as antigas que o casal carrega da casa dos pais e as novas como a casa nova, as tarefas, as responsabilidades financeiras que, talvez, não existissem na casa dos pais.

Sair da rotina gera desconforto, lidar com o novo, com atividades que antes eram feitas pelos pais, mais precisamente pelas mães, causa estresse, insegurança e incertezas. A boa notícia é que tudo isso é passageiro.

Saudade da casa, saudade da família

Foto: Shutterstock

A saudade dos pais sempre vai existir. “É um momento difícil, porém natural. O casal deixou de ser cuidado (pelos pais) e passou a cuidar da nova família. E a saudade é normal e vai sendo suprida quando o casal visita seus pais e com o tempo a vida de casado vai se tornando cada vez mais plena. Novos hábitos vão sendo criados e a saudade diminui, o amor jamais”, comenta Adriana.

Dicas da psicóloga

Foto: Shutterstock
  • Evitem brigar quando estiverem com a cabeça quente, no calor do momento. Deem tempo ao tempo e quando estiverem mais tranquilos, conversem e não briguem;
  • Observe seu companheiro (a), se estiver quieto demais ou muito irritado (a), não force uma conversa, deixe que ele (a) fale com você. Certamente, você não sabe como foi o dia dele (a) e muito menos o que aconteceu, portanto, respeite esse momento;
  • Dê espaço para o companheiro (a). Estar casado não implica ter que fazer tudo junto;
  • Confiem de verdade um no outro. “Confiança é como fé, ou se tem 100% ou não tem”;
  • Jamais invada a privacidade do outro olhando o celular e as redes sociais;
  • Nunca posterguem a vontade de fazer sexo porque, por exemplo, hoje é segunda-feira, e ainda terão que a trabalhar a semana inteira. Isso faz o casal cair em uma rotina que pode comprometer o casamento.
  • Façam coisas juntos, por exemplo, atividade física, afinal, vocês são um casal;
  • Saiam de casa, fujam da rotina, quando possível. É ótimo para manter uma relação saudável;
  • Dialogue com seu parceiro (a), isso é essencial para o sucesso de um casamento;
  • Não compartilhem problemas do casal com familiares (pais e irmãos). Procurem resolver sozinhos. Afinal, a vida é de vocês e ninguém melhor que o casal para encontrar a solução para eventuais problemas do cotidiano;

Leia também: Passo a passo para organizar a cerimônia de casamento

Respeitar é preciso

Foto: Shutterstock

A vida a dois é balizada pelo respeito, amor, companheirismo, parceira, paciência e tolerância. Esses elementos são fundamentais para uma relação saudável, feliz e duradoura.

“Mesmo depois de casados, continuamos sendo dois indivíduos e não um só. Estar casado não é morar na cabeça da pessoa e saber tudo que se passa dentro dela. Somos diferentes e isso deve ser respeitado”, destaca Adriana.

Foto: Shutterstock

A empatia na vida a dois é fundamental. É se colocar no lugar o outro e compreender os sentimentos e a situação vivida pelo outro. O respeito deve ser mantido e praticado todos os dias. Desse modo, respeitar não é aceitar, mas enxergar as coisas pelo ponto de vista do parceiro e compreendê-lo (a). Da mesma forma que gostaria de ser respeitado (a).

Sobre o Autor
Eva Moreira
Evanise Moreira é jornalista, pós-graduada em comunicação e marketing. Trabalhou por 15 anos como assessora de imprensa. Ama cachorros e chinchilas. Adora casamentos e sempre se emociona quando vê uma noiva e quando escuta a Marcha Nupcial!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *