Cortar ou não a gravata do noivo?

Cortar a gravata do noivo é uma das tradições de longa data nos casamentos. A brincadeira consiste em reunir alguns amigos e passar com o noivo de mesa em mesa entregando um pedacinho da gravata dele em troca de uma contribuição em dinheiro. O dinheiro seria destinado à lua de mel do casal.

Foto: Reprodução/iStock

No entanto, com os novos estilos que os casamento vêm ganhando, alguns casais ficam em dúvida em seguir ou não a tradição. Mas aqui o que vale é o desejo do casal.

A escolha da brincadeira

Optar por cortar ou não a gravata é uma decisão dos noivos.

Se o casal gosta do estilo da brincadeira, se tem espaço na festa para o noivo e seus amigos andarem livremente entre as mesas e se o perfil dos convidados não é tão conservador, passar a gravata está liberado.

Porém, a brincadeira tem algumas ressalvas, claro.

Foto: Reprodução/iStock

Regras para brincar

O noivo deve eleger alguns amigos para animar e ajudar nesta missão. O ideal é avisá-los antes mesmo do casamento.

Para a brincadeira separe uma gravata e uma caixa para guardar as contribuições. Uma dica é separar uma caixa em que o convidado deposite o valor em dinheiro, sem a necessidade de que todos os demais vejam a quantia.

Foto: Reprodução/Pinterest

O indicado é  passar a gravata após o jantar. Para complementar a folia os amigos do noivo podem levar plaquinhas e bexigas, com escritos como “Contribua para a lua de mel do casal”. Acessórios como apitos e chapéus também ajudam a chamar a atenção dos convidados.

Sobre a contribuição o ideal é que os noivos deixem os convidados à vontade. Ajudando com o valor que desejarem. Se alguém não quiser fazer parte da brincadeira siga para o próximo, sem constrangimentos.

Afinal, lembre-se que os convidados já tiveram investimentos para estar no casamento e nem sempre têm aquele dinheiro extra para o momento.

Vale lembrancinha?

Alguns noivos, além do pedaço da gravata, distribuem etiquetas com frases como: “Operação Lua de Mel: eu apoio”, “Contribui com a lua de mel dos noivos” ou ainda “Pão-duro”, “Mão de vaca”.

As lembrancinhas são permitidas, sim, desde que não ofendam os convidados ou gerem um clima deselegante.

A gravata deve ser um momento de descontração e diversão, assim como o restante da festa.

Foto: Reprodução/Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *