Fiquei noiva | Como organizar um casamento e por onde começar?

Aquele pedido tão esperado aconteceu e agora, o que fazer? Como organizar um casamento? Primeiramente, ser bastante organizada e disciplinada com tudo que está relacionado ao casamento. Só assim você conseguirá cuidar de tudo sem se perder com os preparativos do Grande Dia.

Saber como organizar um casamento é essencial para cumprir prazos e fazer do seu Grande Dia um sucesso

Foto: Shutterstock

Como organizar um casamento, por onde começar?

Coloque tudo no papel! Anotar é fundamental para não esquecer de nada sobre como organizar um casamento. E antes de começar esse planejamento é super importante ter mente o quanto de dinheiro vocês podem investir nesse sonho e daqui quanto tempo vocês pretendem casar.

Foto: Shutterstock

Check list casamento

Foto: Shutterstock

Os próximos 12 meses serão super desafiadores e emocionantes, mas vocês também terão momentos de muito estresse, porque como organizar um casamento dá trabalho, custa caro, demanda tempo e energia, daí vira aquele turbilhão de emoções.

Planejar é preciso

Foto: Shutterstock

O planejamento financeiro nessa etapa inicial é importantíssimo para saber como organizar um casamento. Dica: no dia do casamento o ideal é que tudo esteja pago. Por isso, um ano antes, no mínimo, é o tempo ideal para que vocês consigam fechar boa parte dos fornecedores, principalmente aqueles mais caros como, por exemplo, o buffet.

Vivam intensamente esses 12 meses

Aproveitem cada momento juntos, seja esse momento, no encontro com algum fornecedor, numa visita ao buffet, igreja, com os decoradores, enfim, façam desse momento, algo prazeroso.

Ele vai passar e um dia vocês vão sentir saudades de tudo que viveram, de como organizar um casamento. Não levem nada para o lado pessoal, é um estresse passageiro. O diálogo aqui é fundamental.

Foto: Shutterstock

Compartilhem experiências

Compartilhem esses momentos com os padrinhos, afinal, eles fazem parte da vida de vocês, são testemunhas desse amor e podem contribuir para que esse período de como organizar um casamento (pré-casamento) seja mais leve e divertido.

Responsabilidades além do casamento

Além saber como organizar um casamento, outras responsabilidades também estarão em evidência como a casa nova, burocracia do casamento no civil, os chás (Chá de lingerie, Chá de cozinha, Chá bar), viagem de lua de mel, despedida de solteiros. Fora o dia a dia que segue junto com toda essa responsabilidade.

Leia mais: Vestido de noiva para casamento no civil | 25 modelos para copiar!

Conhecendo a si mesmo

Foto: Shutterstock
Lista de preparativos para casamento

1 – Que tipo de noiva você é?

Você sabe que tipo de noiva você é? Clássica/tradicional, moderna, romântica, princesa, arrojada, descolada, mãos à obra (faço tudo eu mesma), econômica ou ecológica? A resposta para essa pergunta é essencial para definir o que realmente combina com você e como organizar um casamento.

2 – Você tem algum sonho para o dia do casamento?
Usar algum acessório especial, que tenha sido da sua mãe, avó, tia querida, algo que realmente te traga uma lembrança afetiva importante. Ou quem sabe usar o vestido de noiva que foi da sua mãe. Homenagear seus pais ou avós com algo que seja de grande valor sentimental.

Foto: Shutterstock

Os sonhos do casal

3 – Em relação ao seu noivo, você sabe quais são os sonhos dele para o casamento?
Os sonhos dele são os seus também ou ele é tão reservado, que prefere expor os sonhos e emoções no momento oportuno?

Além dos sonhos deles, você sabe qual é o estilo de casamento que ele gostaria de ter? É muito importante que os dois estejam em sintonia. De que adianta você fazer o casamento dos seus sonhos e o noivo, que é peça-chave nessa história, não estar satisfeito? Por isso, é preciso que vocês conversem muito antes de tomarem qualquer decisão em relação ao tipo cerimônia escolhida para saber como organizar um casamento que seja a cara de vocês.

4 – Que estilo de casamento você sonha?
Aqui vale a resposta de tudo aquilo que você sempre desejou. De princesa, clássico, básico, rústico, alternativo ou até mesmo nada convencional.

Como organizar um casamento em 12 meses?

Foto: Shutterstock

1 – Assessoria de casamentos

Muitos casais, para economizar, acabam abrindo mão da contratação de uma assessoria de casamentos, mas muitas vezes essa economia não compensa, pois, o casal terá que correr atrás de tudo por conta própria.

Foto: Shutterstock

As assessorias de casamentos são responsáveis e sabem como ninguém como organizar um casamento. São consideradas braço direito dos noivos. São elas que indicam, negociam e fecham com os fornecedores.

Esses profissionais estarão com vocês em todos os momentos desde os primeiros dias de definição do que será feito até o Grande Dia.

2 – Como começar?

Foto: Shutterstock

Que tipo de cerimônia mais combina com vocês?
Aqui vale pensar na personalidade de vocês, o que vocês gostam, o que sonham. Se preferem um casamento mais intimista, reservado, ou aquele casamento repleto de convidados.

3 – Tipos de casamentos

Tradicional/Clássico: São casamentos que seguem uma tradição como, por exemplo, entrar na igreja “de véu e grinalda” acompanhada pelo pai. Esse estilo segue todo o protocolo de cerimônias de casamento e geralmente acontecem nas igrejas.

Foto: Shutterstock

Mini Wedding: Pouquíssimas pessoas são convidadas, geralmente as mais próximas do casal, é um casamento bem íntimo, que comporta até 50 convidados. É um casamento mais intimista, que permite aos noivos e convidados uma proximidade maior durante o evento. Por ser um casamento menor não há necessidade de locação de grandes espaços.

Foto: Shutterstock

Home Wedding: Geralmente é realizado na casa dos pais de um dos noivos e a sensação de um casamento assim é o aconchego, a comodidade e a segurança que esse ambiente traz.

Foto: Shutterstock

Destination Wedding: A proposta desse tipo de casamento é que ele aconteça em outra cidade, estado e até mesmo outro país. É um tipo de casamento que está super em alta e muitos casais estão aderindo essa modalidade de celebração.

Foto: Shutterstock

Elopement Wedding: É aquele casamento sem convidados. Isso mesmo, sem convidados! Só os noivos e o cerimonialista, pastor ou padre. É um tipo de celebração bastante comum fora do Brasil e que está ganhando adeptos por aqui.

Foto: Shutterstock

Leia também: Vídeos de casamento | Tudo que você precisa saber para contratar o seu para o Grande Dia

4 – Onde casar?

  • Buffet/Salão
  • Campo
  • Igreja
  • Praia

5 – Tipo de cerimônia

  • Religioso
  • Religioso e Civil (no mesmo momento)
  • Civil
  • Só uma bênção

6 – Casamento no civil – Como organizar um casamento civil?

O casamento no civil é um ato formal que acontece em cartório e onde o casal manifesta, diante de um juiz, o desejo de estabelecer um vínculo conjugal, ou seja, casar.

Foto: Shutterstock
Documentação necessária
Foto: Shutterstock

O casal deve ir a um cartório da sua cidade com até 30 dias de antecedência data que desejam casar levando os seguintes documentos para agendamento: certidão de nascimento, RG, declaração de duas testemunhas maiores de idade (podem ser parentes ou não), comprovante de endereço atualizado de cada um (noivo e noiva) e pagar por volta de R$ 401,29. Para realizar o casamento fora do cartório, o preço é a partir de R$ 1.337,66, além de outras taxas cobradas pelos cartórios. Os valores citados acima são referentes ao estado de São Paulo.

7 – Lista de convidados

Essa etapa é bastante complicada e é fundamental saber como organizar um casamento começando pela lista de convidados. Muitas vezes existe aquela dúvida de quem convidar ou não. E isso inclui os pais dos noivos que adoram convidar todo mundo. Boa parte do investimento de um casamento consiste na lista de convidados. Será que vale mesmo a pena convidar alguém somente por obrigação? Reflitam sobre isso!

Foto: Shutterstock

8 – Formato do casamento

Foto: Shutterstock

Almoço: Buffet completo com canapés, entradas, saladas, pratos quentes, bebidas e sobremesa.

Brunch: Café da manhã, geralmente em estilo colonial, com duração até a hora do almoço.

Jantar: Buffet completo com canapés, entradas, saladas, pratos quentes, bebidas e sobremesa.

Sem festa, somente os cumprimentos: Após a cerimônia os noivos recebem os cumprimentos na saída da igreja ou salão e nada é oferecido aos convidados, somente uma lembrancinha como forma de agradecimento pela presença.

Restaurante: Muitos casais optam por realizar a festa de casamento em um restaurante. A decoração fica por conta do casal. Em relação ao buffet, é combinado com o restaurante um valor fechado por pessoa. Por ser uma quantidade grande de convidados, esses espaços costumam dar descontos.

Casamento por adesão

Existem casais que pagam pelo buffet dos padrinhos e pais. Porém, há casais que optam pelo formato de casamento por adesão (cada convidado paga o seu) para todos os convidados.

Vespertino: Acontece à tarde, geralmente entre 15h e 18h30. Pode ser oferecido um lanche ou um café da tarde. Alguns casais costumam oferecer bolo com espumante.

9 – Alianças

Foto: Shutterstock

As alianças representam a união e elas precisam ter tudo a ver com o casal. A variedade é grande, por isso, vejam qual modelo mais combina com o estilo e a personalidade de vocês.

10 – Vestido, sapato e acessórios da Noiva

Vestido: Antes de enlouquecer com os inúmeros modelos de vestidos disponíveis no mercado, nessa etapa, é importante que a data do casamento esteja marcada. Ela é determinante para a escolha do modelo.

Segundo especialistas, 8 meses antes do casamento é um tempo bom para começar a procurar pelo vestido ideal.

Foto: Shutterstock

Sapato: É um complemento do look da noiva e deve ser confortável, além de estar alinhado ao estilo da noiva.

Acessório para o cabelo: Seja ele um véu, tiara, mantilha, casquete, o importante é que combine com o modelo e estilo do vestido.

Foto: Shutterstock

Joias: Escolha da joia vai depender do estilo do casamento, do local e horário da cerimônia. Definido tudo isso, analise que tipo de joia você mais gostaria de usar no Grande Dia. Busque fornecedores, experimente e vá até o ateliê onde está sendo confeccionado seu vestido e peça para experimentar a joia com o vestido.

Foto: Shutterstock

Lingerie: A lingerie é uma particularidade de cada noiva. Opte por peças que, além de lindas, sejam confortáveis.

Buquê: Para que este item, tão essencial, esteja em harmonia com todo o conjunto do casamento, é preciso considerar algumas questões: como é o vestido, estilo do casamento, estação do ano, horário e local da cerimônia, se será ao ar livre, numa igreja, em um espaço fechado, enfim, esses detalhes serão importantíssimos na escolha do buquê.

Foto: Shutterstock

Dia da noiva: Esse dia é todo seu e é composto por alguns tratamentos e cuidados com os cabelos, unhas, pele, maquiagem, depilação e alguns agradinhos que esses espaços e profissionais oferecem.

Foto: Shutterstock

Seis meses antes é um tempo bacana para conhecer alguns salões especializados em dia da noiva. A prova da maquiagem é feita uns 20 dias antes do casamento. Cortes e tinturas 15 dias antes, depilação e banho de lua 1 dia antes do casamento.

11 – Traje do Noivo

Todas concordamos que o destaque do casamento é a noiva, certo? Sim. O noivo também merece seu destaque no Grande Dia. Listamos aqui alguns tipos de trajes para cada estilo de casamento.

Smoking: É composto por paletó, calça, gravata borboleta, uma faixa (na mesma cor da gravata) ou colete e é totalmente preto. Esse tipo de traje é conhecido como black-tie.

Foto: Shutterstock

Fraque: É um traje composto por calça cinza de giz, paletó preto com cauda longa, geralmente até o joelho, e corte triangular na frente, colete também cinza e gravata. Existem modelos de fraque todo preto.

Foto: Shutterstock

Meio-fraque: É a mesma composição de peças e cores do fraque. O que muda é o tamanho da cauda do paletó que é menor.

Foto: Shutterstock

Terno: É composto por calça, colete e paletó. Geralmente a calça e o colete são do mesmo tecido e da mesma cor. Para compor esse traje é preciso usar uma camisa social e gravata para deixar o visual mais formal.

Foto: Shutterstock

12 –  Como organizar um casamento por tipo de fornecedor e mês a mês

Foto: Shutterstock
  • Aluguel de carro: 2 meses antes.
  • Bolo e docinhos (bem-casado): 4 meses antes.
  • Buffet e bebidas: 1 ano antes.
  • Convites: 4 ou 5 meses antes.
  • Decoração: 6 meses antes.
  • Foto e vídeo: 8 meses antes.
  • Lembrancinhas: 2 meses antes.
  • Lista de presentes: 2 meses antes.
  • Lua de mel: de 6 meses a 1 ano antes dependendo do lugar que o casal escolher.
  • Música (para a cerimônia e para a festa – DJ ou banda): 6 meses antes.
  • Roupas e acessórios dos pajens e daminhas: 2 meses antes.

Finalmente, o Grande Dia!

Foto: Shutterstock

Aproveitem cada momento dessa viagem chamada casamento. Saber como organizar um casamento é o começo do desafio da vida a dois. Cada etapa desta jornada deve ser compartilhada, apreciada e comemorada pelo casal.

Leia também

Sobre o Autor
Eva Moreira
Evanise Moreira é jornalista, pós-graduada em comunicação e marketing. Trabalhou por 15 anos como assessora de imprensa. Ama cachorros e chinchilas. Adora casamentos e sempre se emociona quando vê uma noiva e quando escuta a Marcha Nupcial!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *