A chegada da noiva na cerimônia

A entrada da noiva é o auge de qualquer casamento e nada melhor do que fazê-lo em grande estilo. Os meios de transporte para os noivos são os mais variados possíveis, e vão do simples, como ir a pé, caso a noiva esteja próxima à cerimônia, como chegar de helicóptero, para aquelas que desejam investir um pouco mais neste requisito.

Foto: Reprodução/Pinterest

A escolha, de forma geral, deve ser feita considerando o estilo dos noivos e da cerimônia e o valor que o casal está disposto a separar no orçamento para este detalhe.

A seguir confira algumas sugestões e escolha qual a melhor meio para o seu grande dia:

Noivas tradicionais

A limusine ainda é o sonho da maioria das noivas. Ela combina com cerimônias tradicionais, porém luxuosas. O recomendado é alugar o carro seis meses antes da data e antes de fechar o contrato, verifique se no local da cerimônia existe alguma restrição quanto ao tamanho do veículo e a baixa altura dele. O ideal também é que a noiva faça um teste antes de alugar, para conferir se as portas estreitas não irão atrapalhar na hora de entrar e sair do veículo com o vestido. Devido ao custo da limusine algumas empresas disponibilizam até uma placa decorativa. Vale a pena conferir se o item está incluso ao assinar o contrato.

Mas, além dela, outros veículos são bastante procurados para o casamento, entre eles os carros executivos como Toyota Corolla, Honda Civic, Mercedes e BMW e os esportivos que vão de modelos da Ferrari, Lamborghini a Camaro. Porém, se o dinheiro estiver curto nada impede que a noiva vá no carro da família ou de amigos, desde que ele seja espaçoso e esteja bem limpinho. O toque final, para não parecer uma corrida convencional, fica com adornos de fitas e flores.

Foto: Reprodução/Pinterest

Noivas retrô

Ainda falando de veículo automotivo os carros antigos têm seu charme e garantem belas fotos. Eles são bem-vistos em casamentos na igreja e recepções formais. Os modelos preferidos para a data são Rolls Royce, Cadillac, Jaguar e Chrysler. As kombis e os fuscas também tem ganhado espaço, dando um ar mais vintage. A noiva deve se atentar na escolha para evitar carros muito baixos e apertados, assim como os de duas portas, a não ser que ela vá na frente.

Os veículos de quatro portas são melhores para acomodar o vestido e o veú.

Foto: Reprodução/Pinterest

 

Foto: Reprodução/Pinterest

Foto: Reprodução/Pinterest
Foto: Reprodução/Pinterest

Noivas aventureiras

Para sair do convencional, chegar à cerimônia sob duas rodas é uma boa opção, especialmente quando o casal gosta de motos ou faz parte até de um motoclube. O veículo é estiloso e cheio de personalidade, mas exige algumas condições, por exemplo, o vestido da noiva não pode ser curto e nem volumoso e ela precisa dispensar o véu. Conforme o modelo de moto o casal pode optar pelo side-car, aquele carrinho lateral que dá lugar a um passageiro. Sobre os demais tipos de motos, qualquer um é bem-vindo, inclusive as motonetas, que dão um toque mais antigo.

Foto: Reprodução/Pinterest
Foto: Reprodução/Pinterest

Noivas esportivas

E por que não chegar à cerimônia de bicicleta? A famosa “magrela” é ideal para percursos curtos e quando o vestido for mais simples, sem cauda ou véu. A bike usada pode ter uma cestinha na frente, para ser decorada com adorno de flores. Se o casal quiser sair junto da cerimônia o ideal é alugar uma bicicleta de dois lugares ou optar por bikes parecidas e fazer o mesmo enfeite nas duas.

Foto: Reprodução/Pinterest
Foto: Reprodução/Pinterest

Noivas românticas

As carruagens e as charretes combinam muito bem com o casamento no campo, dando um ar bucólico para a ocasião.

A carruagem é ideal para noivas que buscam um estilo mais requintado na cerimônia noturna. Já as charretes, bem decoradas, combinam mais para casamentos diurnos. Em ambos os casos o percurso deve ser pequeno, devido à tração animal.

Foto: Reprodução/Pinterest
Foto: Reprodução/Pinterest

 

Noivas ousadas

Como não existe regra e nem limite para a entrada da noiva, algumas têm inovado tanto que chegam até de helicóptero. A aeronave pode ser uma opção em lugares com área para pouso, como fazenda ou praia e deve ter capacidade para ao menos quatro pessoas, contando a noiva, o piloto, o pai da noiva e o fotógrafo. Como o helicóptero não pode decolar com mau tempo, os noivos, neste caso, devem ter a opção do plano B, para não atrasar a cerimônia.

Foto: Reprodução/Pinterest

Noivas simples

Com tanto meios de transporte, chegar a pé também está liberado, ainda mais se a cerimônia for bem perto do local onde a noiva irá se arrumar. Ao caminhar é preciso ter cuidado com o comprimento do vestido e tipo de sapato. Para dar um charme extra ao percurso invista em um guarda-sol retrô.

Foto: Reprodução/Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *